Bombeiros de São Paulo vão credenciar organismos para cooperação em emergências

O Comando do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, por meio da Portaria nº 020/800, instituiu os parâmetros de credenciamento para a integração de organismos de cooperação mútua ao sistema de atendimento a emergências para o emprego dessas entidades no apoio aos serviços dos bombeiros.

A integração tem como objetivos melhorar a prevenção e controlar os riscos nas instalações das pessoas jurídicas participantes, reduzir o tempo de resposta no atendimento das emergências do primeiro respondedor e apoio, otimizar a organização no atendimento às emergências e a eficiência no atendimento integrado, minimizar os impactos econômicos, ambientais e sociais da emergência e aumentar a oferta de recursos adequados aos atendimentos de situações e riscos descritos nos planos de emergência. O organismo de cooperação mútua deverá ser integrado por, no mínimo, três pessoas jurídicas de direito público ou privado.