Indústria química é incluída na relação de atividades consideradas essenciais

O governo federal, por meio do Decreto nº 10.329, alterou a relação de serviços públicos e de atividades essenciais, incluindo, entre outras, as indústrias químicas e petroquímicas de matérias-primas ou produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas. O Decreto relaciona a química e petroquímica entre as atividades cujo processo produtivo não pode ser interrompido sob pena de dano irreparável das instalações e dos equipamentos.