Notícias do Setor

Propostas devem ser enviadas até o dia 25 de novembro. Podem ser enviadas proposições sobre normas do MDIC, Inmetro, Suframa, INPI e ABDI.

A revisão da NBR 7500, em consulta pública, trata da identificação para o transporte, manuseio, movimentação e armazenamento de produtos.

A opção pelo parcelamento de débitos vencidos até maio de 2016 poderá ser feita até 11 de dezembro. Os débitos poderão ser parcelados em até 120 meses.

O aumento salarial será de 8,5%, escalonado: 6% agora em novembro e 2,5% em junho de 2017 para salários até R$ 7.929,13. Veja a íntegra da convenção.

O regime desonera de tributos os insumos utilizados na produção de bens destinados à exportação. Veja a apresentação realizada pelo Decex.

O teto do faturamento bruto anual foi elevado para EPPs e MEIs. Também foi aprovado o parcelamento de débitos apurados na forma do Simples Nacional.

Somente no setor químico e petroquímico serão necessários mais de 327,6 mil novos trabalhadores qualificados. O levantamento foi feito pelo Senai.

Em carta enviada ao Ministério da Fazenda, CNI pede urgência na assinatura de Exposição de Motivos ao 124º Protocolo Adicional ao ACE nº 18.

Na próxima sexta-feira, dia 28, será realizada a última rodada de negociações com a Fequimfar, Fetquim/CUT e químicos de Vinhedo.

Interessados têm até 26 de outubro para enviar sugestões sobre a Instrução Normativa. Empresas devem ser optantes do Simples Nacional.

A Fiesp consultou 345 indústrias de nove setores. Contrabando, roubo de cargas, pirataria e outras atividades ilícitas causaram enorme prejuízo à sociedade.

Ainda há prazo para apresentação de recurso pela Aneel e Eletrobrás. Consumidores devem pagar conta de energia sem aplicar qualquer desconto.

O direito antidumping em revisão é aplicado às importações brasileiras de fosfato monocálcico hidratado grau alimentício (MCP) originárias da Argentina.

Assuntos jurídicos e tributários, economia, comércio exterior, logística e recursos humanos. O Sinproquim mantém assessorias especializadas nessas áreas.

A Secretaria de Comércio Exterior iniciou a revisão do direito antidumping aplicado às importações brasileiras de n-butanol originárias do EUA.